1. >Blogue
  2. >As melhores embalagens

Alumínio, papelão, papel normal, saco transparente, frasco, caixa ou garrafa de plástico ou de vidro: só prestamos atenção à embalagem onde estão os nossos alimentos quando é altura de os deitar fora. Reduzir os resíduos também depende da sua origem, e por isso queremos explicar-lhe de que forma vamos reduzir o impacto das nossas embalagens no meio ambiente.

 

O que é uma embalagem de qualidade?

O mais importante é proteger sempre o seu conteúdo. Deve fazê-lo seguindo os parâmetros higiénicos, para evitar os riscos microbiológicos e químicos, e também de forma a evitar fugas para permitir o seu armazenamento a longo prazo. O produto deve chegar à nossa casa em perfeitas condições, incluindo desde o transporte da fábrica até ao supermercado, e do nosso carrinho até à nossa despensa. “Realmente, não pensamos no verdadeiro objetivo da embalagem”, sublinha Charlene G., Project Manager de Inovação e Desenvolvimento de Packaging da Bonduelle, cuja missão é também aperfeiçoar o packaging, tanto a nível técnico como a favor do ambiente. 

Uma boa embalagem também deve ser prática de manusear em casa, ou seja, deve ter uma abertura fácil, um mecanismo de fecho bem pensado e ser reconhecível pelo seu logotipo, lista de ingredientes e todas as menções legais necessárias. “O packaging é o primeiro contacto que se tem com a marca”. Uma boa embalagem deve oferecer, principalmente, proteção, manuseabilidade e conter informação sobre o produto.

“O que estamos a observar é que o bom packaging é aquele que reduz o impacto ambiental o máximo possível. Trata-se de reduzir o desperdício doméstico na fonte e de várias formas, através da escolha de materiais, da redução do peso, utilização de materiais reciclados e utilização de materiais recicláveis. Desta forma, estamos alinhados com uma economia circular. (…)”, refere Charlene. Uma embalagem ecológica deve continuar a cumprir o seu objetivo principal, sem esquecer o seu impacto no meio ambiente.

Reduzir o impacto ambiental do packaging

“Na Bonduelle, 100% dos nossos projectos relacionados com o packaging baseiam-se na sustentabilidade. (…)”, explica Charlene G. “O nosso objectivo é que em 2025 100% do nosso packaging seja reciclável, e isso está ao virar da esquina!». Um único material de packaging como o cartão sem cobertura de plástico já melhora as possibilidades de reciclagem. Daí as escolhas tecnológicas que estão a ser feitas a favor da reciclagem.

 

Desde Abril de 2011 que substituímos o plástico que cobre os nossos packs de latas de 2 e 3 unidades, das nossas conservas, por cartão 100% reciclável e com material 50% de origem reciclada. Utilizamos tinta vegetal para imprimir e uma cola fácil de remover, que facilita a reciclagem. A nova embalagem contém o certificado FSC, que garante que os materiais utilizados na fabricação do cartão são provenientes de florestas geridas de forma sustentável. Com esta alteração, deixaremos de utilizar 170T de plástico por ano na Europa. Para mais informações sobre esta alteração, visite a página https://cuidardoplaneta.bonduelle.pt/

Este é mais um passo no caminho que percorremos há anos, ao propormos embalagens recicláveis, como as latas de alumínio, e reutilizáveis, como os frascos de vidro. Estamos em linha com os nossos compromissos sobre o futuro do planeta e com a nossa missão de inspirar a transição para uma dieta alimentar vegetal, contribuindo para o bem-estar das pessoas e a saúde do planeta.

E uma vez aberta a embalagem, todos podemos fazer algo para proteger os alimentos de uma forma sustentável e higiénica, como colocá-los num recipiente a vácuo ou cobri-los com papel vegetal, como substituto da película aderente plástica

Na Bonduelle, continuamos a trabalhar em projectos para que em 2025 possamos oferecer novas propostas e tornar as embalagens dos nossos vegetais mais recicláveis e sustentáveis.

Siga-nos